Marque já a sua consulta (21) 3268-3492 (21) 99056-8583 Marque sua consulta

Dengue e outras doenças comuns no verão


Dengue
Mosquitos estão entre os principais vetores de contaminação na estação
Num país tropical, é seguro afirmar que o verão é a estação mais emblemática do ano. O considerável aumento da temperatura e da umidade do ar é um cenário facilitador para a proliferação de agentes causadores de diversos tipos de infecção, por isso, é fundamental entender como elas se dão e saber como se prevenir.

De olho nos mosquitos

O mosquito Aedes aegypti é um velho conhecido nosso nessa época do ano e é normalmente associado à epidemia de dengue. No entanto, este e outros insetos, como o Haemagogus e o Sabethes, também podem transmitir outras infecções tão ou mais graves, como a zika, a chikungunya e a febre amarela.
Alguns sintomas são comuns e similares a todas essas patologias e, nos primeiros sinais, um médico deve ser consultado imediatamente. São eles:
  • fortes dores de cabeça e musculares;
  • febre alta;
  • náuseas.
“Apesar disso, a febre amarela se destaca como uma doença mais delicada por causa de sua fase aguda, que pode acontecer pouco tempo após uma aparente melhora dos sintomas iniciais quando não tratada”, comenta o dr. Assuero de Oliveira, diretor médico da Medcenter. “Nessa fase, o fígado e os rins do paciente são gravemente danificados, podendo levar à morte em muitos casos”, acrescenta.
Como se prevenir?

A melhor forma de se precaver contra cada uma dessas doenças é minando as formas de desenvolvimento e reprodução do mosquito.
  • Esvazie recipientes e não deixe superfícies com água parada, como piscinas, garrafas, vasos de plantas, pneus e ralos.
  • Adicione areia nos pratos dos vasos de plantas.
  • Coloque tela nas janelas.
  • Utilize repelentes.
Além disso, a febre amarela pode ser evitada pela vacinação, que apresenta eficácia de cerca de 95%. No Rio de Janeiro, a vacina pode ser encontrada em todos os centros municipais de saúde.