Marque já a sua consulta (21) 3268-3492 (21) 99056-8583 Marque sua consulta

Homeopatia pode auxiliar tratamento de síndrome do pânico e ansiedade


Cinco atitudes para deixar a memória afiada
Homeopatia pode auxiliar tratamento de síndrome do pânico e ansiedade
Reconhecida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como medicina alternativa complementar para o tratamento de diversas patologias, a homeopatia tem encontrado cada vez mais adeptos. Apesar de ainda ser foco de algumas controvérsias, a vertente médica se mostra bastante eficaz para tratar determinados quadros e na substituição de medicamentos tradicionais, como é o caso da medicação psiquiátrica para a síndrome do pânico e a ansiedade.
Mas o que é essa tal de homeopatia?

A homeopatia é uma terapia alternativa criada pelo alemão Samuel Hahnemann em 1796, que visa estudar o paciente como um todo, e não só de forma fragmentada, que trata partes específicas do corpo humano.
A dra. Danielle Gregory, médica homeopata da Medcenter Copacabana, explica: “Cabe ao médico homeopata acolher a queixa do paciente, mas, ao mesmo tempo, analisar diversos outros aspectos, como seu comportamento, seu estilo e sua forma de se comunicar, trazendo vários questionamentos, a fim de traçar o perfil dele e montar uma história clínica. Dessa forma, o profissional consegue chegar aos chamados ‘sintomas mentais’.”.
“Na homeopatia, existem medicamentos conhecidos como policrestos, que, além do eixo físico, também estão associados a sintomas mentais, ligados ao comportamento do paciente. Assim, o médico pode escolher um que se adapte ao que é colhido de informação na consulta”, explica a médica. E complementa: “Além desses principais, existe, também, uma infinidade de outros medicamentos menores. O terapeuta homeopata pode utilizar um repertório no consultório, um grande livro que contém todos os sintomas, até os mais específicos, e a medicação referente a eles.”.
É sempre aconselhável que o paciente avie suas receitas em farmácias homeopáticas, que dispõem de estrutura específica para a execução desses compostos.
Como a homeopatia pode ajudar nos transtornos mentais?

Segundo a dra. Danielle Gregory, a terapia homeopática pode ser muito útil para complementar o tratamento alopático (tradicional). A grande maioria dos medicamentos psiquiátricos precisa ser retirada aos poucos – desmame – quando o tratamento é finalizado. O que tem demonstrado grande eficácia na recuperação desses pacientes é a substituição gradativa dessas substâncias pela medicação homeopática.
Assim, ainda que o paciente abandone a medicação psiquiátrica tradicional, consegue se manter bem, dormir e evitar crises, o que reduz as chances de remissão do quadro clínico, além do mais, a homeopatia não tem contraindicação. Portanto, para todos os casos, é interessante recorrer a essa terapia.
Além dos tratamentos psiquiátricos, a homeopatia também é muito buscada para a substituição de medicamentos de labirintite e para o tratamento de alergias respiratórias, gastrite, enxaqueca e refluxo gastresofágico, entre outras patologias.