Marque já a sua consulta (21) 3268-3492 (21) 99056-8583 Marque sua consulta

Remoção de sinais e verrugas não é só uma questão estética


Varizes e Tromboses
Mais do que mero incômodo estético, sinais e verrugas podem indicar problemas de saúde que merecem atenção e cuidados médicos. Os sinais aparecem na forma de manchas ou pintas e, embora, na maior parte das vezes, não representem um problema sério, podem ser indicativos de câncer de pele. Já as verrugas são causadas por infecção pelo vírus HPV e afetam a camada superficial da pele, fazendo com que as células da epiderme se multipliquem de forma desordenada.
Segundo a dra. Larissa Caiado, dermatologista da Medcenter, a retirada ou o tratamento de verrugas é necessário, pois elas podem se espalhar pelo corpo, sendo mais comuns nos dedos, nas mãos, nos joelhos e nos cotovelos. Na região genital, ainda que não ocorra com frequência, elas podem evoluir para cânceres, o que reforça a necessidade de remoção das lesões. Além de prevenir a autocontaminação, a extração de verrugas evita a disseminação do vírus e o contágio de outras pessoas.
Prevenção é a palavra-chave quando se pensa na remoção de sinais, pois o câncer de pele corresponde a 33% dos diagnósticos da doença no Brasil. Para identificar o câncer de pele, é necessária a realização de biópsia ou exame clínico com um médico especializado.
A dra. Larissa dá orientação sobre algumas características de pintas e sinais que devem servir como alerta, indicando a necessidade de procurar um médico:
  • Pintas pretas ou castanhas que mudam de cor ou textura, se tornam irregulares nas bordas e crescem;
  • Manchas ou feridas que não cicatrizam ou continuam a crescer, apresentando coceira, crostas, erosões ou sangramento;
  • Lesões na pele brilhantes e em alto-relevo que sangram com facilidade e que podem ser avermelhadas, rosadas, castanhas ou com mais de uma cor.
As verrugas podem ser retiradas por meio de medicamentos tópicos, pelo método de congelamento com nitrogênio ou por extração com bisturi elétrico ou radiofrequência. Os remédios para uso doméstico são prescritos pelo dermatologista, mas também há aqueles que devem ser aplicados em consultório.
A remoção de sinais pode ser completa ou parcial, conforme a avaliação do dermatologista, e é necessária para a realização de biópsia. Frequentemente, o procedimento é feito no próprio consultório médico, com anestesia local e sem necessidade de internação.